Nos últimos anos, o Governo Federal realizou alguns cortes no orçamento dos programas de financiamento estudantil para reequilibrar as contas públicas. E essas medidas afetam diretamente quem deseja ingressar no ensino superior.

Arcar com os custos de uma faculdade privada nem sempre é possível, principalmente considerando a crise econômica que se instalou no país. As mensalidades podem pesar no orçamento da família, mas não é por isso que você deve desistir de fazer um curso superior.

No entanto, é fundamental saber que existem outras formas para contornar esse problema. Veja a seguir 4 Formas de conseguir um bolsa estudantil em um curso superior.

Programas do Governo

O Programa Universidade para Todos (ProUni) disponibiliza bolsas parciais de 50% e integrais em faculdades particulares de todo o País para estudantes que comprovam ter baixa renda. Uma dica importante é verificar quais cursos e instituições você poderia entrar com base na nota de corte do PROUNI dos anos anteriores.

Nesse caso, é exigido que o estudante tenha feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no ano anterior, tenha tirado uma nota maior que 450 nas provas e não tenha zerado a redação. As inscrições são gratuitas e acontecem no primeiro e no segundo semestre.

Além do ProUni, alguns Estados também disponibilizam programas de bolsas de estudos. No Rio Grande do Sul, por exemplo, existe o Procred, já em São Paulo, existe o Bolsa Universidade. Vale a pena procurar saber se a Secretaria de Educação do seu estado possui algum projeto parecido.

Bolsas para atividades esportivas

Essas bolsas de estudos são concedidas pelas próprias instituições de ensino superior. No país existem diversas faculdades privadas que garantem essa alternativa para estudantes, contanto que você seja um atleta pela faculdade, participe dos campeonatos universitários, e tenha um bom desempenho acadêmico.

As bolsas que são concedidas podem chegar até 100% de desconto na mensalidade, mas depende da instituição e do seu desempenho nos esportes. É importante lembrar que não necessariamente você precisa ter alguma experiência como atleta. Vale a pena conhecer essa alternativa.

Bolsa de Iniciação Científica

A Iniciação Científica é um projeto onde o estudante desenvolve uma pesquisa como pontapé inicial para as áreas de pesquisa acadêmica. Algumas Instituições no País oferecem bolsas de estudos devido a dedicação que demanda esse tipo de pesquisa.

O estudante primeiramente deve escolher qual o objeto de estudo, para, em seguida, desenvolver um projeto de pesquisa com orientações de um professor.

Esse tipo de pesquisa é benéfica não somente para quem deseja se inserir no mercado de trabalho ou ter mais facilidade de ingressar em um mestrado ou doutorado, mas também para que deseja pleitear excelentes bolsas que auxiliam na carreira acadêmica.

Programa de iniciativa privada

Hoje é possível encontrar diversos programas de iniciativa privada que garantem bolsas e descontos para estudantes em diversas instituições no País. O Educa Mais Brasil, por exemplo, oferece descontos de até 70% para cursos de graduação.

Você só deve pesquisar qual melhor programa, se ele se encaixa no seu orçamento e se contempla o curso e a instituição que você deseja ingressar. Para garantir essa alternativa é simples: basta acessar o site do programa escolhido, preencher os dados solicitados, escolher qual a instituição e o curso que você pretende fazer. Depois é só aguardar o contato do programa.