O valor do PIS está para ser liberado para os contribuintes e por isso, muita gente quer saber se tem direito ao saque ou não. É fundamental estar a par dos seus direitos e sabendo disso, vamos ajudar você a entender como este benefício funciona e se você pode recebê-lo. Acompanhe o texto abaixo e entenda tudo que você precisa saber sobre o PIS.

O que é o PIS?

Se você trabalha com a carteira assinada, deve notar mensalmente alguns descontos no seu contracheque. Você receberá em sua conta o salário liquido, que já possui um abatimento pelos descontos da CLT.

Estes descontos dizem respeito ao PIS (Programa de Integração Social) que é responsável pelo pagamento de diversos benefícios. Um dos mais comentados é o abono salarial.

O abono representa um benefício monetário que será pago de acordo com o calendário PIS 2020 aos contribuintes que se enquadrarem nos requisitos do PIS. Este valor pode chegar até a um salário mínimo, sendo proporcional com o tempo de serviço do trabalhador em questão.

Qual a diferença do PASEP?

Muita gente acaba confundindo os dois programas porque eles são sempre colocados juntos, isto porque possuem o mesmo objetivo de proporcionar o pagamento de benefícios como o abono salarial.

A diferença é que o PIS é o programa responsável pelos trabalhados privados, enquanto o PASEP será responsável pelos trabalhadores da rede pública.

Portanto, os funcionários e servidores públicos precisam estar atentos ao calendário PASEP 2020já que este será gerenciado pelo Banco do Brasil e não pela Caixa Econômica como o PIS.

O que mais o PIS dá direito?

Como você pôde notar, tanto o PIS quanto o PASEP são programas importantes para o trabalhador brasileiro e proporcionam benefícios como o pagamento do abono salarial.

É importante mencionar também, que o mesmo programa é responsável pela liberação do INSS, ou seja, pelos recursos da aposentadoria.

Outro direito do trabalhador que é de responsabilidade do PIS é o seguro desemprego, solicitado pelos funcionários que foram demitidos sem justa causa.

Quem pode receber?

E será que você pode receber o PIS/PASEP? Para saber se você tem direito ao saque, é necessário ter certeza que você se encaixa nos requisitos de recebimento do abono salarial. Confira abaixo:

  • Ter registo na CLT por, pelo menos, cinco anos. Ou seja, ter começado a trabalhar cinco anos antes do ano do PIS;
  • Estar com os dados sem divergência no RAIS;
  • Receber até dois salários mínimos vigentes por mês;
  • Ter exercido alguma função com a carteira assinada por, no mínimo, trinta dias, consecutivos ou não.